Insights para sua Transformação Digital

Quando uma empresa precisa de um time de DevSecOps?

Cada vez mais as empresas estão buscando por métodos e processos capazes de agilizar e trazer mais segurança para os processos de desenvolvimento dos produtos, por isso a utilização de DevSecOps vem crescendo e dominando o mercado de TI a cada ano.

Aqui vamos entender um pouco mais sobre os DevSecOps, o que são, para que servem e o mais importante, se a sua empresa precisa de um time de DevSecOps. Continue a leitura e conheça mais sobre as possibilidades de integração das áreas de Desenvolvimento e Segurança na sua empresa!

O que você precisa saber sobre DevSecOps?

DevSecOps, abreviação de Desenvolvimento, Segurança e Operações, é responsável por automatizar e integrar a segurança em todas as fases de desenvolvimento de um software, partindo do projeto até as fases de integração, teste, implementação até a entrega final do software.

Com toda a evolução tecnológica, possuir agilidade tornou-se fundamental para a sobrevivência. A alguns anos a segurança de um software era de responsabilidade de uma equipe separada do planejamento inicial, sendo implementada apenas no final do ciclo de desenvolvimento, o que era aceitável, quando as atualizações dos softwares eram liberadas uma ou duas vezes no ano.

Porém, isso tornou-se desatualizado quando os desenvolvedores passaram a utilizar práticas Agile, reduzindo esses ciclos de desenvolvimento em semanas. O DevSecOps surge como uma evolução natural, integrando a segurança da aplicação e infraestrutura em processos e ferramentas Agile.

Além de abordar os problemas de segurança à medida que surgem, quando tendem a ser mais fáceis e baratos de corrigir, o DevSecOps torna a segurança de aplicativos e infraestrutura uma responsabilidade compartilhada entre as equipes de desenvolvimento, segurança e operações de TI, o que acaba por automatizar a entrega de um software seguro sem desacelerar os ciclos de desenvolvimento.

Quais os benefícios do DevSecOps para a sua empresa?

Existem dois benefícios principais em utilizar o DevSecOps, segurança e velocidade. Partindo desses dois pontos podemos destacar como os principais benefícios do DevSecOps:

1 – Entrega rápida do software com melhor custo-benefício

Os problemas de segurança apresentados por softwares desenvolvidos fora de ambiente DevSecOps podem gerar grandes atrasos, visto que corrigir erros custa tempo e dinheiro. A entrega rápida e segura proporcionada pelo DevSecOps gera redução de tempo e custos, uma vez que minimiza a necessidade de repetições dos processos para resolver os problemas de segurança.

2 – Segurança aprimorada e proativa

O DevSecOps implementa processos de segurança desde o início do ciclo de desenvolvimento. O código é revisado, auditado, verificado e testado quanto a problemas de segurança em todas as etapas, o que garante uma identificação rápida e eficaz dos possíveis problemas. Problemas de segurança tendem a ser mais simples para corrigir quando identificados no início do ciclo.

3 – Correção de vulnerabilidade de segurança acelerada

Um dos grandes benefícios do DevSecOps é a rapidez com que a equipe gerencia vulnerabilidades de segurança recém-identificadas. Por integrar a varredura de vulnerabilidade e correção no ciclo de liberação, a capacidade de identificar e corrigir vulnerabilidades e exposições comuns é diminuída, limitando a janela de acesso que possíveis ameaças possam encontrar.

4 – Um processo repetível e adaptativo

À medida que as organizações crescem e amadurecem, os processos de segurança tendem a seguir o mesmo fluxo. O DevSecOps torna-se responsável por processos repetíveis e adaptáveis, garantindo que a segurança seja aplicada de maneira consistente em todo o ambiente, mesmo quando este muda, adaptando-se aos novos requisitos.

Quais as melhores práticas trazidas pelo DevSecOps?

Listamos aqui algumas das melhores práticas já testadas e utilizadas pelas empresas que desejam oferecer mais segurança para os seus projetos:

  • Incorporar as ferramentas de análise de código ao processo de desenvolvimento, desta forma as correções serão aplicadas antes da implantação.
  • Realizar revisões dos códigos na fase de pré-produção, impedindo que esses códigos cheguem à fase de produção com fragilidades.
  • Testar de forma contínua e automatizar o ambiente de produção em busca de fragilidades que possam vir a ser exploradas.
  • Manter atualizada, de forma autônoma, as ferramentas de segurança utilizadas, garantindo assim que a cobertura dos testes seja mais ampla.

Boas práticas como estas permitem que o processo esteja alinhado com os mais modernos métodos de desenvolvimento seguro de software.

Por onde você deve começar a implantar o DevSecOps?

As empresas que buscam integrar conceitos de segurança aos seus processos de desenvolvimento podem utilizar as ferramentas e processos de DevSecOps para garantir que a automação seja aplicada em todo o processo, eliminando os erros e riscos de ataques.

A cultura do DevSecOps conta com alguns componentes, entre eles:

  • Análise de Código: O código é entregue em pequenos pedaços, assim é possível identificar vulnerabilidades de forma mais rápida.
  • Gerenciamento de Mudanças: É possível que qualquer pessoa envie mudanças para em seguida ser determinado se ideia é boa ou ruim, o que traz mais velocidade e eficiência no projeto.
  • Monitoramento de Conformidade: Faz com que a equipe esteja pronta para uma auditoria a qualquer momento, promovendo um estado constante de conformidade.
  • Investigação de Ameaças: Identificação de ameaças em potencial em cada atualização do código, viabilizando respostas rápidas.
  • Treinamento de Segurança: Todos os envolvidos devem ser treinados com as diretrizes para as rotinas do desenvolvimento e operação.

Criar uma rotina de testes constante não garante apenas que o código será mais seguro, mas também evita que ocorram atrasos e imprevistos, uma vez que o trabalho é distribuído de maneira mais previsível e consistente. Desta forma, as empresas são capazes de cumprir melhor os prazos, promovendo maior satisfação aos clientes e usuários finais.

Será que a sua empresa precisa implementar o DevSecOps?

Nas últimas décadas a infraestrutura de TI passou por inúmeras mudanças significativas e cada vez mais rápidas, o que trouxe enormes benefícios para as empresas que buscam crescer através de aplicativos e serviços avançados. Apesar de todo o avanço tecnológico, ainda existem muitos casos de gaps de segurança e conformidades robustas, por essa razão que o termo DevSecOps vem ganhando força no mercado, se destacando dentro dos ciclos de desenvolvimento dos softwares.

Da mesma forma que as empresas estão investindo em tecnologias, os cibercriminosos vêm buscando, constantemente, formas de implantar malwares e outras explorações. Manter a segurança em um patamar de igualdade tornou-se uma obrigação para as organizações envolvidas no desenvolvimento e distribuição de aplicativos e softwares.

Apesar do crescimento, o DevSecOps ainda não é utilizado de forma generalizada, porém a sua abordagem é notoriamente eficaz, principalmente em um mundo onde exige-se cada vez mais agilidade e ciclos menores de criação. Se você gostaria de saber mais como o DevSecOps pode funcionar na sua empresa e quais gaps de Segurança Cibernética precisam ser priorizados, entre em contato com o nosso time de especialistas para solicitar uma análise de cenário!

Compartilhe nas redes sociais

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Outros artigos:

Serviços nuvem

5 Serviços Essenciais em Nuvem

A computação em nuvem conquistou o público de massas com as redes sociais, mas, ao mesmo tempo, já provou a que veio no meio empresarial. Trazemos aqui 5 Serviços Essenciais em Nuvem para você não perder tempo nem dinheiro. Em um espaço onde o foco é a produtividade, caiu como uma luva em serviços que podem ser compartilhados e, ao mesmo tempo, utilizados a partir de uma infinidade de dispositivos.

Leia Mais »