Insights para sua Transformação Digital

Como fazer gestão da inovação em uma empresa tradicional

A gestão da inovação vem tornando-se muito importante para todos os negócios que almejam avançar em seus mercados. Por anos, as formas tradicionais de negócio funcionaram muito bem, porém, sempre é possível melhorar e ir em busca de novas oportunidades e iniciativas.

Manter-se aberto as transformações de mercados é fundamental para criar oportunidades. Mas, não basta apenas ter uma boa ideia, é preciso organizar estratégias e possuir uma liderança eficaz para gerar crescimento e sucesso para o negócio. É por isso que cada vez mais a gestão da inovação tem se tornado parte da estrutura das empresas.

O que você precisa saber sobre Gestão da Inovação?

A gestão da inovação é o processo de gestão de novas ideias, desde o surgimento até o momento de execução. Essa abordagem está firmada em quatro etapas:

1 – Gerar: Debater as ideias com o time com o intuito de descobrir novos conceitos.

2 – Capturar: Registrar as ideias de uma forma que seja fácil compartilhá-las com as partes envolvidas.

3 – Avaliar: Discutir e criticar as ideias inovadoras, assim será possível verificar se elas atendem as necessidades do negócio.

4 –  Priorizar: Decidir quais ideias serão executadas, criando uma ordem, sempre maximizando o tempo e outros recursos da empresa.

A gestão da inovação ajudará na criação e cumprimento das metas de negócio, gerando valor para a sua organização. As ações e práticas desenvolvidas dentro da empresa, deverão estar alinhados com os resultados almejados a partir da inovação, assim como a visão de negócio proposta.

A comunicação é fundamental para implementação de processos eficazes de gerenciamento de inovação. Por isso é primordial incentivar uma comunicação excelente entre o time. Um ambiente colaborativo é mais propício para o desenvolvimento de novas ideias.

O que pode ser considerado como inovação corporativa?

A inovação corporativa costuma ser classificada de duas formas:

1 – Inovação Disruptiva

A inovação disruptiva atua de forma mais radical dentro de uma empresa, sendo capaz de transformar todo o mercado com uma nova solução, revolucionando um conceito. Empresas como a Uber e o Ifood são ótimos exemplos, ambas transformaram o nicho em que estão inseridas.

2 – Inovação Incremental

A inovação incremental é responsável por melhorar um produto, serviço ou processo já existente dentro da empresa, com o objetivo de otimizar e modernizar. Um bom exemplo são os smartphones, todos os anos são aplicadas inovações incrementais para que estes possam evoluir e atrair o público.

Como já mencionamos, as empresas que não buscam inovação estão, inevitavelmente, presas a modelos defasados. Já vimos isso acontecer com várias empresas consolidadas no mercado, mas que por falta de inovação simplesmente foram “sumindo”.

Porém a inovação por si só não será suficiente para manter o seu negócio, uma cultura colaborativa, que incentiva a geração de ideias e o espírito empreendedor entre o time é fundamental para o crescimento da organização.

Quando o time que não sente esse incentivo por parte da gestão, tende a não compartilhar suas ideias, independente do cargo ocupado. Ao gerenciar e incentivar a inovação, novos produtos podem ser descobertos, além de ideias capazes de reduzir custos ou aprimorar os processos. Organizações que não investem na gestão de inovação correm o risco de apresentar ideias e soluções desatualizadas, o que automaticamente as coloca atrás da concorrência.

O que a Gestão da Inovação traz de benefício para empresas?

Existem inúmeros benefícios em aplicar uma boa gestão de inovação nas empresas, aqui vamos destacar alguns deles.

1 – Valorização da marca

A inovação tem um peso expressivo na valorização da marca, uma vez que ela é capaz de mostrar ao mercado que a empresa por trás da marca está em constante busca por novas tecnologias e melhorias para o produto ou serviço.

2 – Vantagem competitiva e aumento da lucratividade

Além de trazer mais valorização para a marca, a inovação representa um diferencial para os produtos e serviços da empresa, o que gera uma vantagem competitiva em relação a concorrência. Devido a esse diferencial, os consumidores sentem-se mais propícios a pagar mais pelo produto, o que acaba por gerar maior lucratividade para a organização e maior satisfação dos clientes.

3 – Abertura de novos mercados

A inovação é responsável por explorar as carências e deficiências dos produtos, serviços, tecnologias, processos e modelos de negócio. Quando se pensa em soluções inovadoras é possível abrir novos mercados, ou até descobrir novos nichos a serem explorados.

4 – Alinhamento dos processos com a estratégia

A inovação é uma estratégia, porém ela depende de vários processos para se sustentar. Por isso, a gestão de inovação proporciona a organização dos processos internos, para que eles façam fluir a inovação, permitindo que os objetivos sejam alcançados com resultados consistentes.

5 – Atração e retenção de talentos

Empresas inovadoras são capazes de proporcionar novos desafios. Por isso, além de atrair pessoas que fogem do comodismo e da mesmice, ela consegue reter esses colaboradores através da renovação constante dos desafios de inovar, gerando um círculo de atração e retenção de talentos.

Quais fatores corporativos considerar para a Gestão da Inovação?

Para realizar a implementação da gestão da inovação é preciso ter em mente quatro pilares fundamentais.

1 – Competência

As competências essenciais irão distinguir o seu negócio da concorrência, deverá estar alinhada com os desenhos e necessidades do negócio. É preciso distinguir as competências da empresa e do seu time. Você deve apresentar uma competência central, que gire em torno da sua capacidade de direcionar e organizar todos os recursos em torno de uma solução para o mercado.

2 – Estrutura

Ter controle sobre a inovação é essencial, e a estrutura é responsável por tornar isso possível. Uma boa estrutura é capaz de capacitar sua empresa a operar de forma mais eficiente, além de auxiliar na produção de ideias inovadoras.

3 – Cultura

A cultura da empresa será o termômetro para a gestão da inovação. A cultura certa irá atrair e manter os inovadores, enquanto a cultura errada os afastará. Uma cultura proativa é consolidada no encorajamento da comunicação e criação de ideias inovadoras.

4 – Estratégias

As estratégias formadas dentro da empresa devem estar vinculadas a um planejamento de longo prazo, visando alcançar os objetivos do negócio, como os financeiros, metas de vendas e outros.

Como implementar a Gestão da Inovação em sua empresa?

A gestão de inovação acontece quando as ideias saem do papel e passam para a realidade, gerando valor para o negócio e para a sociedade. Por ser uma ação sistemática e planejada, a inovação envolve a cultura da empresa, os processos, ferramentas e todos os níveis da organização. Listamos aqui algumas etapas para iniciar a implementação da gestão de inovação no seu negócio:

1 – Defina uma estratégia

Defina qual caminho será seguido para encontrar a inovação que trará os melhores resultados para a empresa. Aqui é importante que você entenda qual a importância da inovação para a empresa e qual a experiência que você almeja.

2 – Tenha um modelo de gestão

É importante utilizar métodos, processos e ferramentas para dar suporte à inovação. Antes de implementar uma inovação é fundamental que esta passe por um processo de geração de ideias, no qual seja selecionado as melhores ideias a serem transformadas em projetos.

3 – Obtenha recursos

Não é possível implementar praticamente nada sem recursos financeiros, porém tão importante quanto ter dinheiro é encontrar pessoas capacitadas, com experiências e engajadas com a inovação.

4 – Mensure os resultados

É importante medir constantemente o valor de retorno que a inovação está proporcionando ao negócio, só assim será possível mantê-la.

5 – Transforme a cultura da inovação

As melhores inovações surgem em ambientes livres e propícios a ideias criativas. É preciso entender que a inovação vai além de melhorias para produtos, ela pode e deve ser aplicada em todos os âmbitos da empresa.

Como criar uma cultura de inovação?

Criar uma cultura de inovação é fundamental para uma boa gestão de inovação. Separamos quatro dicas para transformar a cultura da sua empresa.

1 – Ambiente Ágil

Ser ágil nem sempre significa ser rápido, mas sim ter a capacidade de adaptação às mudanças do mercado. Uma empresa ágil anda na contramão, suas decisões descentralizadas, seus projetos são executados com metodologias ágeis, entende os riscos e sabe apostar certo, sempre de olho nas tendências.

2 – Liderança Horizontal

Para que seja possível inovar é preciso dar mais espaço a criatividade das pessoas, por isso a importância da horizontalidade. Em empresas horizontais, as decisões são tomadas de forma conjunta, todas as ideias são bem-vindas.

3 – Formação de Squads

As Squads são equipes multidisciplinares que atuam na resolução de problemas específicos. Essas equipes são formadas por diversos profissionais que trabalham de forma conjunta para resolver os problemas da organização. Esse modelo de equipe propicia a inovação, além da diversidade profissional, esses times são autônomos, possuem a liberdade de encontrar e implementar soluções inovadoras na organização.

4 – Absorção de Conhecimento

Empresas de sucesso possuem a capacidade de absorver conhecimento do mercado e transformá-los para gerar inovação internamente.

Você está preparado para os desafios dessa mudança?

Nenhuma mudança é fácil, e não seria diferente na gestão da inovação. Ao decidir por esse assunto, a empresa pode vir a encontrar obstáculos internos e externos. Estruturas tradicionais de gerenciamento serão um desafio para qualquer empresa que deseje inovar.

O mundo está em um momento de mudanças constantes, nenhuma estrutura criada há dez anos será capaz de sustentar um gerenciamento de inovação. Por isso, a consolidação de uma nova cultura dentro da empresa é fundamental. É preciso manter uma comunicação transparente com os colaboradores, permitindo o surgimento de novas ideias, capazes de agregar valor ao negócio.

Você não precisa fazer tudo sozinho! Estamos aqui para te apoiar com capacitações, processos e tecnologias que deixam sua empresa cada vez mais perto de suas conquistas. Entre em contato com nossos time de especialistas e vamos conversar sobre possibilidades de inovação em seu negócio!

Compartilhe nas redes sociais

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Outros artigos:

Mobilidade para PMEs

Parte do trabalho de quem está envolvido com a gestão empresarial de uma companhia, envolve a busca por processos que tornam o ambiente corporativo mais eficaz e moderno. Nos últimos anos, esse trabalho ganhou forças graças à tecnologia, que viabilizou rotinas mais flexíveis, convergentes e conectadas a rede.

Leia Mais »