Insights para sua Transformação Digital

O que é o modelo de segurança Zero Trust?

Com o avanço das tecnologias e os fortes ataques que muitas empresas vêm sofrendo, a segurança vem se tornando uma das principais preocupações das organizações.

O modelo de segurança Zero Trust vem crescendo nos últimos anos, sendo implementado em muitas empresas. Aqui vamos explicar melhor como esse modelo funciona.

O que é o Zero Trust?

Criado em 2010 pela Forrester, empresa norte-americana de pesquisa de mercado, o Zero Trust apresenta um conceito contrário ao modelo de segurança perimetral, que tem como premissa “confiar e verificar”, para ele as organizações nunca devem confiar, seja a entidade interna ou externa.

Utilizando o modelo de segurança tradicional de TI, é difícil acessar os recursos de uma organização estando fora da rede, porém todos que estão conectados a rede são considerados como “confiáveis”. O problema dessa abordagem é que uma vez que o invasor tem acesso a rede, ele terá acesso a todos os recursos presentes nela.

Já no modelo Zero Trust, pressupõem-se que pode haver invasores dentro e fora da rede, portanto, nenhum usuário ou dispositivo é considerado confiável.

Como implementar esse modelo?

Para realizar a implementação do modelo Zero Trust, a organização precisa estabelecer três pontos fundamentais:

1 – Visibilidade: Não é possível proteger aquilo que não sabemos que existe, por isso é preciso identificar todos os dispositivos que devem ser protegidos e monitorá-los. É importantíssimo ter visibilidade de todos os recursos que pertencem à organização, assim como aqueles que têm acesso a ela.

2 – Políticas: Aplicar políticas que implementem controles minuciosos é fundamental. É preciso controlar quem tem acesso, ao que tem acesso e em que condição.

3 – Automação: A automação dos processos é fundamental para a aplicação correta das políticas, além de permitir uma resposta rápida em caso de desvios.

Quais as vantagens apresentadas pelo Zero Trust?

As organizações que trabalham com um ambiente Zero Trust obtêm controle e conhecimento sobre todos os dados em todos os momentos, em caso de vazamento de dados, essa funcionalidade permite que as equipes de segurança sejam capazes de detectar, com precisão, quando e onde os dados foram roubados ou manipulados.

É importante destacar que as empresas aderiram ao trabalho remoto, com utilização de serviços hospedados em nuvem, o acesso a rede é liberado de forma demasiada, deixando de ser um ambiente seguro, o que acabou por atrair o interesse de cibercriminosos.

O modelo Zero Trust vem buscando fornecer segurança a partir de defesas em torno de todas as entidades e grupos.

Se você gostou do que foi discutido aqui sobre o assunto, leia também sobre Cloud Security.

Compartilhe nas redes sociais

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Outros artigos: