Insights para sua Transformação Digital

Como alinhar a cibersegurança com a transformação digital

Transformação Digital vai além da introdução de tecnologia e digitalização de processos para facilitar o dia a dia de uma empresa. Trata-se de uma forma de pensar alinhada às mudanças tecnológicas que estamos vivendo e que atenda as demandas da nova realidade de um mundo cada vez mais digital.

 

 

Os benefícios de um modelo de negócio que acompanhe a Transformação Digital são tantos que se torna quase obrigatória a sua inclusão. Por esse motivo, as empresas estão cada vez mais acelerando o ritmo na jornada digital, o que reflete um rompimento com os modelos tradicionais e um impulso no seu crescimento.

No entanto, essa jornada para o novo também é cheia de desafios, que incluem processos, estratégias de negócios, cultura organizacional e, principalmente, um fortalecimento da cibersegurança, sem a qual é impossível acompanhar o ritmo digital e ainda pode causar sérios danos e invalidar todo o esforço implementado para as mudanças à nova realidade.

 

 

Portanto, mergulhar na Transformação Digital sem uma boa estratégia de cibersegurança é como construir castelos de areias.

Neste artigo, entenda os cuidados necessário com a cibersegurança durante a transformação digital e como alinhar esses dois agentes para que sigam no mesmo ritmo.

 

 

Desafios da Transformação Digital

 

 

Toda mudança implica desafios. Portanto, passar pela transformação digital sem atentar para os desafios pode pôr em risco todo o negócio e seu planejamento de evolução. Por isso, é preciso observar o cenário como um todo, atentando para os seguintes aspectos:

 

 

  • Estratégia de negócio.
  • Cultura organizacional.
  • Abertura à mudança.
  • Boas tecnologias.
  • Treinamento interno.
  • Segurança da informação e Cibersegurança.

 

 

Apesar da importância de todos esses aspectos trabalharem em conjunto, na transformação digital, a cibersegurança é o fator que integra, torna possível e mantém a existência de todas os demais, por meio de ações e técnicas voltadas para a proteção de sistemas, programas, redes e equipamentos contra ataques cibernéticos.

 

 

Esse é o principal desafio dentro da segurança da informação enfrentado pelas empresas atualmente. É importante que a segurança da informação e a cibersegurança estejam integradas a todas as áreas da empresa, e não apenas a de toda tecnologia.

 

 

Isso implica enxergar a segurança como algo que também faz parte do negócio, pois colabora diretamente com a sua expansão e aumento da credibilidade por parte de clientes e fornecedores. Assim, a cibersegurança na transformação digital deve abranger a tríade: pessoas, processos e tecnologia.

 

 

Os riscos atuais envolvendo Cibersegurança

 

 

Com o modelo de trabalho remoto, mais pessoas estão conectadas, o que aumenta a produção de dados e, consequentemente a vulnerabilidades a ataques cibernéticos. Neste momento, os riscos são ainda maiores e incluem a migração para a nuvem, a implementação de novas tecnologias, o armazenamento e fluxo dados e a organização de uma equipe de segurança de TI.

 

 

Além disso, um tipo de ataque que tem se tornado cada vez mais comum e alvo de preocupações de empresas, especialistas e governos são os ataques de ransomware, que é um tipo de malware que bloqueia o acesso aos dados por criptografia e exige um valor de resgate às empresas para devolver o acesso.

 

 

Outro tipo de ataque de malware que tem aumentado é o spyware, software de espionagem que monitora e transfere dados pessoais do equipamento.

Os ataques de phishing também se popularizaram durante a pandemia, espalhando notícias fraudulentas mascaradas de oficiais sobre o coronavírus, com o intuito de roubar senhas e informações pessoais. Outra forma de ataque mais complexa são os de DDoS, um tipo de ataque que aumenta o tráfego e indisponibiliza o acesso a um servidor.

 

 

Algumas práticas para alinhar a cibersegurança na sua jornada de transformação digital

 

 

De acordo com uma pesquisa do Instituto Ponemon com 400 profissionais de TI no Brasil, 75% afirmaram que os maiores problemas de cibersegurança envolvem violação de dados de clientes, roubo de propriedade intelectual e problemas no sistema da empresa que levam a perdas financeiras das empresas.

 

 

Outra realidade preocupante é a falta de preocupação e investimento em cibersegurança. Apenas 42% dos profissionais acreditam que as organizações tem um investimento adequando em cibersegurança e 58% dessas empresas não preparam seus funcionários para lidar com essas questões.

 

 

É possível tratar algumas intercorrências dessa natureza adotando algumas das práticas a seguir.

 

 

Política BYOD

 

 

BYOD (Bring Your Own Device) é uma prática que está se tornando cada vez mais popular em contexto do trabalho remoto. No entanto, para desfrutar plenamente desses benefícios, utilize criptografia completa de discos em dispositivos pessoais, fortaleça as senhas de acesso, defina os dispositivos que poderão ser utilizados, verifique as atualizações dos dispositivos e invista em práticas de segurança contra phishing e malware.

 

 

Acompanhar Tendências e Novas Vulnerabilidades

 

 

Com o aumento acelerado da tecnologia, novas ferramentas e formas de uso da informação surgem a todo momento. Consequentemente, novas vulnerabilidades vão surgindo, o que requer um acompanhamento constante a fim de prevê-las e controlá-las.

 

 

Capacitação de Equipe e Parceiros

 

 

É necessário que haja o devido treinamento para que toda equipe esteja engajada com as novas habilidades digitais e as necessidades de segurança que isso demanda. A equipe de Segurança da informação precisa estar apta para lidar com as demandas de cibersegurança e acompanhar as mudanças de forma segura.

 

 

DevSecOps

 

 

As práticas DevSecOps trazem mais eficiência, agilidade e seguridade, pois permitem que as demandas da Transformação Digital sejam atendidas de forma rápida e segura, por meio da automação na prevenção de ameaças. As soluções de cibersegurança podem responder automaticamente ainda na etapa de desenvolvimento, antes mesmo de uma aplicação entrar em produção.

 

 

Security by Design

 

 

É uma prática que trabalha fortemente na prevenção, controle e eliminação de danos, desde o momento de concepção de um projeto, serviço ou atividade, prevendo todos os riscos que podem envolver uma aplicação. Isso permite tratar os problemas com antecedência e diminuir os impactos no fluxo do processo.

 

 

Considere os serviços de segurança gerenciados para ajudar na prevenção de ameaças, bem como na detecção e resposta.

 

 

Contate nossos especialistas através do WhatsApp e encontre a melhor solução de transformação digital para seu negócio!

 

 

Gostou do nosso artigo de hoje? Leia também sobre como planejar a Transformação Digital da sua empresa.

Compartilhe nas redes sociais

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Outros artigos:

Como ter Segurança dos Dados com Google Workspace?

Segurança dos Dados utilizando Google Workspace Segurança tem sido um alvo em movimento e utilizar Google Workspace e Sophos de forma sincronizada soluções para segurar que dados estão protegidos, acessíveis e íntegros. Confidencialidade, Integridade e Disponibilidade

Leia Mais »