Insights para sua Transformação Digital

Cibersegurança: 5 motivos para investir

A cibersegurança é um tema importante para empresas de todos os portes e segmentos, pois ser vítima ou sofrer tentativas de golpe digital, atualmente, é uma situação muito comum no Brasil.

Esses crimes aumentaram à medida que as pessoas começaram a realizar atividades cotidianas na internet, como:

  • Compras;
  • Conversas;
  • Operações bancárias;
  • Uso de aplicativos.

 

Podemos comparar a internet a uma gigantesca rua, que você deve se prevenir assim como o faz quando vai sair de casa. Por isso é importante investir em cibersegurança.

O relatório Norton Safe Insights publicado em 2022, confirma a tendência de crescimento de ações criminosas desse tipo em 10 países, incluindo o Brasil.

Os brasileiros entrevistados apontaram que 69% já sofreram pelo menos uma tentativa de ataque, sendo 58% no último ano.

A mesma pesquisa indica que uma em cada três tentativas foi bem-sucedida para o cibercriminoso, indicando que houve efetivamente prejuízo ou dano financeiro.

Sua consultoria de RH precisa saber que os crimes mais comuns citados pelos entrevistados foram phishing, malware ou spyware nos dispositivos eletrônicos, como celular e computador, golpes em mídias sociais e quebra de senha de conta privada ou e-mail.

O que é cibersegurança?

Com o aumento no registro de crimes no ambiente digital surgiu a necessidade de tipificar os crimes virtuais. Trata-se de um fenômeno relativamente recente, uma vez que o acesso e a popularização da internet começaram em 1995.

Cibersegurança é todo um conjunto de técnicas e ações que visam proteger sistemas, programas, redes, dispositivos e equipamentos de ataques virtuais.

As competências necessárias foram desenvolvidas à medida que as pessoas passaram a ter telefones e computadores conectados à internet, bem como empresas de equipamentos de laboratório começaram a se digitalizar.

Por que a cibersegurança é importante?

A cibersegurança se tornou particularmente importante porque, havendo mais pessoas online, existe mais dinheiro e informações circulando. Cresce também o número de criminosos que direcionam os esforços para a aplicação de golpes digitais.

A consequência é o crescente ataque a pessoas físicas para roubar informações pessoais e provocar danos financeiros, e as empresas para violar sistemas e provocar vazamento de informações sigilosas como bancos de dados pessoais de clientes e consumidores.

Perceba a importância de manter os dados sigilosos de sua empresa de relógio de ponto digital a salvo desses criminosos.

Dicas para investir na cibersegurança pessoal

Um comportamento mais preventivo configura as medidas que podem ser tomadas para uma navegação mais segura na internet. O ideal é escolher contas e sites reconhecidamente autênticos para cadastrar informações ou realizar compras.

É preciso ter cuidado também com que se compartilha login e senha. Cuidados com os dados pessoais são essenciais porque o risco existe mesmo quando toda precaução é tomada.

Entre as medidas de segurança que podem ser tomadas pelo usuário para proteger seus dados pessoais e os dispositivos usados pela família, destacam-se alguns pontos.

Como os aplicativos de controle parental, pois o cibercrime envolve, além de danos financeiros, golpes emocionais e pedofilia digital, por isso usar aplicativos para monitorar a navegação dos filhos é uma boa opção.

A revisão das configurações de privacidade também ajudam, pois todos os dispositivos e aplicativos têm a seção de ajustes e configurações de privacidade.

Se isso não for necessário, é melhor optar por não permitir acesso à sua base de contatos, nem à localização em tempo real quando o aplicativo estiver em uso.

Perceba que além de dicas domésticas, essas informações também são úteis para a proteção de sua empresa de exportação temporária.

Outro ponto é a autenticação em dois ou mais fatores. A two-factor authentication, que pode ser resumida pela sigla 2FA, adiciona uma segunda etapa para confirmar a identidade do usuário no momento de fazer login e inserir sua senha.

Com a autenticação em dois fatores, antes de permitir o acesso haverá uma confirmação em outro dispositivo.

Cookies no navegador e navegação anônima também são outro fator a ser considerado. A navegação anônima ou privada impede o armazenamento de dados no browser, de forma que depois de fechar a aba de navegação, os dados não ficam registrados no histórico.

Automaticamente, o browser deleta todo o histórico de atividades, downloads, cookies e credenciais de login.

Por fim, a VPN: quem trabalha em ambiente corporativo pode acessar o sistema com mais segurança se entra por meio de uma rede virtual privada (VPN), que configura uma camada a mais de proteção do que em uma navegação padrão.

O Norton Cyber Safety Report mapeou diversos países, e constatou que o Brasil é o terceiro que mais registrou vazamento de informações pessoais na internet, principalmente na dark web, somando 11 milhões de registros em um ano.

E sua empresa de antecipação de cheques precisa ficar esperta, pois entre aqueles que sofreram roubo de identidade, 42% foram avisados por fontes externas, como bancos ou bandeira de cartão de crédito.

46% dessas pessoas descobriram monitorando informações pessoais ou quando perceberam algum bloqueio ou movimentações suspeitas na conta. O mais preocupante é que 68% apontaram não saber como monitorar se os dados pessoais foram roubados.

Motivos para a sua empresa investir em cibersegurança

Para as empresas, nunca foi tão importante investir em cibersegurança. Com a transformação digital, as empresas estão cada vez mais conectadas a dados e informações online, e o trabalho remoto é uma realidade para muitos colaboradores.

O grande problema é que com o aumento do valor dos dados para o sucesso de um negócio, sistemas corporativos se tornam alvo constante de ataques cibernéticos.

Hoje em dia, o Brasil é um dos países em que mais ocorrem crimes cibernéticos em todo o mundo.

Pesquisas apontam que uma em cada quatro empresas brasileiras sofreu algum tipo de ataque nos últimos 12 meses, de forma que grandes empresas já foram alvos de ataques digitais.

No entanto, muitas empresas cometem um erro que sua empresa de sistema para franquias não pode cometer.

Muitas organizações erroneamente consideram a cibersegurança como um gasto secundário e alocam 10% ou menos do seu investimento em soluções e recursos direcionados para a sua proteção.

Para tentar mudar esse cenário, pontuamos a seguir 5 motivos para sua empresa investir em cibersegurança.

1 – Prevenção de ataques

O principal motivo para uma organização investir em cibersegurança é aumentar a prevenção e a proteção a ataques digitais, caracterizados por violações de segurança, como o roubo de informações sigilosas, entre outras ameaças.

Adotando recursos de cibersegurança é possível minimizar os riscos de invasões e evitar potenciais prejuízos.

2 – Segurança de dados

Deixando sua empresa desprotegida no âmbito digital, um dos maiores riscos é a possibilidade de sofrer ataques que resultem no vazamento de dados ou de informações sigilosas.

Já organizações que investem em recursos de cibersegurança aumentam de forma exponencial suas chances de impedir que criminosos consigam acessar dados pessoais de clientes ou da própria empresa de equipamentos de informática.

3 – Garantir a rotina de produtividade do negócio

Mais uma função importante da cibersegurança é assegurar o funcionamento das atividades digitais de uma empresa.

Recursos de segurança digital facilitam a identificação de possíveis erros ou irregularidades no sistema e conseguem impedir que informações sejam adulteradas.

4 – Diferencial competitivo

Após muitos vazamentos recentes de informações sigilosas, os usuários buscam por empresas que transmitam uma imagem de confiança e responsabilidade na forma com que lidam com a tecnologia.

Hoje em dia, um dos maiores erros cometidos pelas organizações é considerar a cibersegurança como um gasto secundário e não compreender sua importância para o sucesso do negócio.

Devido a sua importância, muito em breve, o ato de investir em cibersegurança deverá ser visto como um diferencial no mercado.

5 – Confidencialidade de informações

Para uma consultoria financeira para pequenas empresas e para os mais diversos negócios, um dos riscos de deixar os canais digitais desprotegidos é a possibilidade de vazamento de dados e informações sigilosas.

Um sistema de cibersegurança robusto impede que um ataque tenha sucesso em conseguir acessar dados pessoais de clientes ou da própria empresa, geralmente usurpados na tentativa de obter lucros indevidos.

Dessa forma, as empresas que investem em sistemas de cibersegurança garantem mais segurança a seus clientes.

Considerações finais

É indiscutível que no meio corporativo, a tecnologia é um elemento indispensável. Com cada vez mais investimentos em soluções tecnológicas, é natural o crescimento da preocupação com a cibersegurança.

Dessa forma é fundamental garantir a proteção dos dados e informações importantes que as organizações possuem armazenadas digitalmente, contra ações de cibercriminosos, que realizam tentativas de roubos, danos e prejuízos.

Um conjunto eficaz de medidas de cibersegurança consegue combater essas ameaças virtuais, protegendo os canais digitais da organização e prevenindo problemas que possam comprometer as atividades e o sucesso da empresa.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Acesse nosso Ebook Step by Step para Segurança da Informação

No conteúdo de hoje, buscamos reunir as principais informações acerca da Segurança da Informação para que você possa ter um panorama mais assertivo sobre a área. A Segurança da Informação é uma jornada e toda jornada começa no seu primeiro passo.

Ebook Step by Step Segurança da Informação Introduce

Se você precisa de ajuda para começar a estruturar a Segurança da Informação na sua empresa, acesse nosso Ebook Step by Step para Segurança da Informação. Neste material, aprofundamos mais em detalhes sobre ferramentas, técnicas e processos da área para que você e sua equipe possam trabalhar objetivamente.

Para baixar o material, basta acessar esse link e boa leitura!

Compartilhe nas redes sociais

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Outros artigos:

Glossário do CIO

Reunimos um Glossário especial pensado para todos os CIOs se sintonizarem com os principais conceitos da nova era digital – permeada pela inovação, hiperconectividade e

Leia Mais »